VANDA BOUTIQUE

VANDA BOUTIQUE

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Governo Federal autoriza ação da Força Nacional no RN por 180 dias

Portaria do Ministério da Justiça foi publicada nesta segunda-feira (20).
Decisão cumpre acordo previsto no Plano Nacional de Segurança Pública.

Da redação com G1 RN






















O Ministério da Justiça autorizou por 180 dias a presença da Força Nacional no Rio Grande do Norte, cumprindo o Plano Nacional de Segurança Pública (PNSP). A decisão, publicada nesta segunda-feira (20), afirma que os policiais vão atuar nas "ações de policiamento ostensivo, polícia judiciária, e perícia forense, com o objetivo de reduzir homicídios dolosos, feminicídios, violência contra a mulher, e de combater a criminalidade organizada transnacional, em especial, os tráficos de drogas e de armas".

O prazo de apoio da Força Nacional de Segurança Pública ao Rio Grande do Norte ainda poderá ser prorrogado caso haja necessidade.
 No estado, o Plano Nacional de Segurança Pública começou a ser executado no dia 15 deste mês, quando os policiais começaram a patrulhar as ruas de Natal.

Reforço no RN
A equipe da Força Nacional que atua no RN é formada por 120 policiais militares. Destes, 70 chegaram ao RN ainda em janeiro, quando a segurança no entorno da Penitenciária Estadual de Alcaçuz precisou ser reforçada por causa das rebeliões que terminaram com a matança de pelo menos 26 detentos.

Plano 
Três pilares básicos norteiam o projeto-piloto: integração, colaboração e cooperação. A ação tem como objetivo combater e reduzir o número de homicídios dolosos, feminicídios e crimes de violência contra a mulher; modernizar e racionalizar o sistema penitenciário; e dar combate integrado à criminalidade organizada transnacional.

Mapas do crime
Foram feitos mapas de todas as capitais que indicam locais onde ocorrem crimes com frequência, que poderão ser usados pelas polícias em nível federal e estadual e, também, a Força Nacional nas operações conjuntas para combatê-los.























Ataques
Natal, algumas cidades da região Metropolitana da capital e outras do interior do estado viveram dias de tensão após uma série de ataques criminosos ocorrida em janeiro deste ano. Não houve mortes, mas diversos ônibus e carros foram incendiados e delegacias e bases da polícia alvos de disparos de arma de fogo.

Segundo a Secretaria de Segurança, os atentados foram uma resposta à retirada de mais de 200 membros de uma facção da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, transferência realizada logo após a morte de pelo menos 26 detentos. O 'Massacre de Alcaçuz', como ficou conhecida a matança, aconteceu em meio a uma rebelião que durou quase duas semanas - a mais violenta da história do sistema prisional potiguar.

Força Nacional atua em situações de crise
A Força Nacional de Segurança foi criada em 2004 para atuar em situações de crise e emergência. Todos os estados cedem policiais militares e civis, bombeiros e peritos para compor o efetivo. Em troca, os governadores podem solicitar a presença da força quando acharem necessário.

Ex-prefeito Marcos Fernandes é assassinado no centro de Umarizal/RN

Da redação com Nosso Paraná RN
Com informações do Umarizal News
O Ex-Prefeito Francisco Marcos Fernandes Barbosa foi morto numa casa de jogo de baralho que fica por trás da igreja matriz no centro da cidade de Umarizal/RN.

O crime aconteceu por volta das 09h20 deste domingo(19), e segundo informações chegadas ao blog, um só elemento entrou na casa de jogo e executou o ex-prefeito com vários tiros.

Relembrando a trajetória política

Marcos Fernandes entrou na política em 1992 como candidato a vereador, tendo sido eleito naquele ano, e de lá para cá ganhou mais quatro vezes, e em 2012 foi eleito vice-prefeito na chapa com Mano Onofre, e após Mano ter sido afastado do cargo no segundo semestre de 2015, ele assumiu o comando da prefeitura, sendo candidato a reeleição em 2016, mesmo perdendo a eleição para a atual prefeita Elijane Paiva, conseguiu eleger sua esposa para ocupar uma vaga na casa legislativa da cidade.

FGTS: Caixa Econômica funcionará em quatro sábados até julho

Depois de dia 14 de março, as próximas datas serão 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho.

Da redação com nominuto.com
Com informações da Agência Brasil
Reprodução/TV
Calendário de saques do FGTS divulgado pela Caixa na semana passada leva em conta a data de aniversário do beneficiário.
Depois de registrar 356 mil pessoas para tirar dúvidas sobre o saque de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ontem (18) em todo o país, as agências da Caixa Econômica Federal voltam abrir suas portas novamente em um sábado no dia 14 de março. Conforme calendário, as agências do banco abrirão em todo o país das 9h às 15h durante quatro sábados, sendo um por mês. Depois de dia 14 de março, as próximas datas serão 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho.

Desde a divulgação do calendário de pagamento, no último dia 14, 1,4 milhão de trabalhadores interessados em obter informações sobre o saque de contas inativas do FGTS foram atendidos nas agências, de acordo com a Caixa Econômica.

Os trabalhadores também podem tirar dúvidas pelo telefone 0800 726 2017 e no site (www.caixa.gov.br/contasinativas) das contas inativas criado pela Caixa. Para ter acesso às opções da página, o trabalhador deve informar o número de inscrição do PIS e o CPF – Cadastro de Pessoas Físicas.

O governo anunciou a possibilidade do saque de contas inativas em dezembro do ano passado, em meio ao lançamento de um pacote de medidas para estimular a economia. Pode efetuar o saque quem teve um contrato de trabalho finalizado até 31 de dezembro de 2015 e tenha saldo na conta.

O calendário de saques divulgado pela Caixa na semana passada leva em conta a data de aniversário do beneficiário. Antes das novas regras, o trabalhador podia ter acesso aos recursos de contas inativas do FGTS em alguns casos, como a aposentadoria ou a compra de um imóvel.

Calendário para sacar o dinheiro

Beneficiários nascidos em janeiro e fevereiro poderão procurar as agências da Caixa entre 10 de março e 9 de abril. Quem nasceu em março, abril e maio vai sacar o dinheiro entre 10 de abril e 11 de maio.

Trabalhadores nascidos nos meses de junho, julho e agosto vão receber entre os dias 12 de maio e 15 de junho; nascidos em setembro, outubro e novembro, de 16 de junho a 13 de julho; e nascidos em dezembro, de 14 a 31 de julho.

Os beneficiários terão quatro opções para recebimento dos valores de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço: quem tem conta-corrente na Caixa poderá pedir o recebimento do crédito em conta, por meio do site das contas inativas.

O saque também pode ser feito em caixas eletrônicos. Para valores de até R$ 1.500, é possível sacar só com a senha do Cartão do Cidadão, mesmo que o beneficiário tenha perdido o documento. Para valores de até R$ 3.000, o saque pode ser feito com Cartão do Cidadão e a respectiva senha.

Os valores do FGTS inativo também podem ser retirados em agências lotéricas e correspondentes Caixa Aqui. Neste caso, o beneficiário vai precisar do Cartão do Cidadão, da senha e de um documento de identificação.

Há, ainda, a possibilidade de retirar o dinheiro diretamente nas agências bancárias. Os documentos necessários são o número de inscrição do PIS (Programa de Integração Social) e o documento de identificação do trabalhador.

É recomendado levar também o comprovante da extinção do vínculo (carteira de trabalho ou termo de rescisão do contrato de trabalho).

América vence o Assu por 4 a 1, mas fica de fora da final do 1º turno

Globo derrotou o Baraúnas de 1 a 0 e garantiu a vaga na decisão contra o ABC.

Da redação com nominuto.com
Por Flávio Oliveira
Canindé Pereira/América FC
O América fez o dever de casa ao derrotar por 4 a 1 o Assu, mas o Globo também venceu e garantiu a vaga na final contr o ABC.
O América goleou o Assu por 4 a 1, mas não conseguiu a vaga para a final do primeiro turno do Campeonato Estadual. O jogo foi realizado neste domingo (19), na Arena das Dunas.

A decisão da primeira fase da competição (Copa Cidade do Natal) será realizada entre o ABC e o Globo. O Águia de Ceará-Mirim garantiu a vaga após derrotar o Baraúnas em jogo também realizado hoje, no estádio Barrettão.

Os gols do Alvirrubro foram marcados por Raul (9’/1T), Tony (39’/1T), Marcelinho (34’/2T) e Marcos Júnior (38’/2T). Dedé Macaíba (20’/2T) fez o gol de honra para o Camaleão.

Já no jogo entre Globo e Baraúnas, Luizão fez o gol da classificação ao marcar aos seis minutos do primeiro tempo. O Baraúnas terminou perdendo uma posição na tabela e encerrando em quarto lugar.

Classificação da Copa Cidade do Natal

1º - ABC - 17 pontos;
2º - Globo - 15 pontos;
3º - América - 13 pontos;
4º - Baraúnas - 10 pontos;
5º - Assu - 9 pontos;
6º - Potiguar de Mossoró - 7 pontos;
7º - Alecrim - 5 pontos;
8º - Santa Cruz de Natal - 2 pontos.

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Sorteio Rede Oeste: Morador da zona rural de Lucrécia/RN foi o sortudo que ganhou a S10 0km

















O senhor Paulo Henrique Almeida da Silva Morador do Sítio Varzea Grande, localizado na zona rural de Lucrécia-RN, foi o grande ganhador da Promoção de Aniversário 10 anos da Rede Oeste de Supermercados. O sortudo levou para casa, nada mais nada menos que uma caminhonete S10 cabine dupla zerinha. Parabéns!


Pau dos Ferros/RN: Dupla invade residência e faz casal refém no Chico Cajá

Da redação com Nosso Paraná RN
Por Gilvan Alves
Dois malévolos invadiram uma residência no Bairro Chico Cajá em Pau dos Ferros/RN, na madrugada deste sábado (18). Segundo informações, a dupla entrou em uma casa, fez o casal refém e roubaram alianças e cordão de ouro e uma moto do dono da casa.

De acordo com as vítimas eles entraram após arrombar a porta dos fundos da casa e de posse de um facão, a todo tempo ameaçavam os donos exigindo dinheiro. Ao sair, um dos meliantes falou que não se preocupasse que posteriormente ele recuperava seu veículo. 

A motocicleta levada pelos larápios foi encontrada abandonada pela manhã próxima a uma arvore na Vila Carvão, ainda em Pau dos Ferros/RN.

A Polícia civil investiga o roubo e em breve será desvendado.

Chuvas abrem cratera de mais de cinco metros em estrada no RN

Caso foi registrado neste sábado (18) em Apodi, no Oeste potiguar.
Asfalto cedeu e abriu cratera; estrada está interditada.

Da redação com G1 RN





















As chuvas que caem no Rio Grande do Norte desde a noite desta sexta-feira (13) abriram uma cratera em uma estrada na cidade de Apodi, no Oeste potiguar. Segundo a Polícia Militar, a cratera, de mais de cinco metros, toma toda a extensão da pista que dá acesso a barragem de Santa Cruz.

Segundo o policiamento da cidade, o asfalto cedeu após entrar em colapso com o grande volume de água. A tubulação que passa por debaixo da pista ficou exposta. As manilhas de escoamento não suportaram e uma grande cratera se formou.
























De acordo com o policiamento da cidade, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada para sinalizar e advertir os motoristas.

Chuvas
Entre os dias 10 e 13 a gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou chuvas em 72 municípios do estado. Em 16 municípios foram registrados mais de 100mm. Em Apodi, choveu 108,8mm.

Adolescente de 15 anos é morta e mãe agredida durante micareta em Natal

Crime aconteceu no final da noite deste sábado (18) no Nazaré Folia.
Um feirante que havia acabado de sair da micareta também foi assassinado.

Da redação com G1 RN
Por Anderson Barbosa
Uma adolescente de 15 anos morreu na noite deste sábado (18) após ser esfaqueada em meio ao 'Nazaré Folia', tradicional festa de carnaval que acontece nas proximidades da rodoviária de Natal, no bairro de Nossa Senhora de Nazaré, na Zona Oeste da cidade. Este ano, a micareta completou 15 anos. Segundo a Polícia Civil, quase ao mesmo tempo, um feirante de 50 anos que havia acabado de sair da festa foi perseguido por dois homens em uma motocicleta e assassinado a tiros. Ninguém foi preso.

“Por volta das 23h houve uma briga no meio da micareta. Maria Raquel Silva de Almeida, de 15 anos, foi atacada por outras duas jovens. Uma delas namora com o ex-namorado da Maria. E, por causa desse romance que a Maria teve, essas duas amigas se juntaram e partiram pra cima dela para tirar satisfação. Foi quando a garota levou a facada”, relatou ao G1 o delegado Marcos Vinícius, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Ainda de acordo com Marcos Vinícius, a mãe da Maria Raquel, que também estava na festa, tentou separar a briga e acabou agredida com uma pancada na cabeça. “Ficou um hematoma. Já a filha, foi levada para o pronto-socorro, mas infelizmente não resistiu ao ferimento”, relatou.

Perseguição e morte
O delegado disse também que, quase ao mesmo tempo, um outro crime de homicídio movimentou a polícia no bairro de Nazaré. E aconteceu nas proximidades da micareta. A vítima foi o feirante Erivaldo Félix de Lima, de 50 anos, morto com pelos menos cinco disparos de arma de fogo.

“Ainda não sabemos se aconteceu algo com ele durante a festa. Ele estava lá, mas tinha acabado de sair. Sabemos que ele foi perseguido por uma dupla em uma motocicleta. Quando ele chegou à rua Cirilo Moreira, que fica nos arredores de onde acontecia a festa, ele foi alcançado e baleado. Deram pelo menos cindo tiros nele”, disse Marcos Vinícius. A PM foi chamada e ainda fez buscas pela região, mas os assassinos não foram encontrados.

“Neste caso do feirante, até o momento não há pistas, mas estamos trabalhando. Já sobre o caso da adolescente, conseguimos identificar as duas jovens que a atacaram, mas não podemos dar mais detalhes para não atrapalhar as investigações”, acrescentou o delegado.

STF dá dez dias para que Temer e deputados expliquem reforma da previdência

Da redação com Agência Brasil
Por Marcelo Brandão – Repórter da Agência Brasil                                                                                                              Foto: Reprodução

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello deu prazo de dez dias para que o presidente da República, Michel Temer, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, prestem informações sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, que trata da reforma da Previdência. A solicitação de Mello é feita após recebimento de um mandado de segurança, impetrado por 28 deputados de oposição.

A ação pede a anulação dos atos que levaram à tramitação da PEC na Câmara. Os deputados alegam que o governo não apresentou um estudo atuarial, necessário para confirmar o desequilíbrio nas contas da Previdência e a consequente necessidade de alteração nas regras. O ministro da Suprema Corte deve aguardar as informações solicitadas antes de decidir sobre o acolhimento ou não do mandado de segurança. O acolhimento significaria a suspensão da tramitação da matéria na Câmara.

Mello também pede informações do presidente da Comissão Especial destinada a debater o tema na Câmara, o deputado Carlos Marun (PMDB/MS), e do presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara (CCJ), cujo nome ainda não foi definido. Quando a PEC foi acolhida na Câmara, em dezembro do ano passado, o presidente da CCJ era Osmar Serraglio (PMDB/PR).

Oposição

Os deputados alegam que estudo atuarial é requisito obrigatório para confirmar o desequilíbrio nas contas da Previdência e a necessidade de alteração nas regras.

“Não se trata de mera orientação para a gestão administrativa. O estudo atuarial é requisito formal para a regularidade material das condições previdenciárias em qualquer regime, em especial quando objeto de alteração constitucional”, diz um trecho da ação.

A oposição argumenta ainda que a elaboração da PEC ocorreu “à revelia do Conselho Nacional de Previdência Social”. “[O conselho é] órgão superior da Administração Federal de deliberação colegiada, com representação dos trabalhadores e do governo, cuja finalidade, entre outras, é justamente a de discutir assuntos de interesse previdenciário dos trabalhadores”, dizem os deputados.

Edição: Lílian Beraldo

Previdência respondeu por 97% do déficit nas contas públicas em 2016

Da redação com Agência Brasil
Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil                                                                                                                Foto: Reprodução






















O caminho para o reequilíbrio das contas públicas esbarra na Previdência Social. Num contexto de baixo crescimento econômico e de envelhecimento da população, o déficit das aposentadorias e das pensões representa o principal desafio para a equipe econômica, ao responder por quase a totalidade do rombo das contas do governo em 2016.

No ano passado, o Governo Central – Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central – registrou déficit primário de R$ 154,2 bilhões. Desse total, R$ 149,7 bilhões (97%) vieram exclusivamente da Previdência Social. Os R$ 4,5 bilhões restantes que compõem o rombo foram obtidos pelo Tesouro Nacional e pelo Banco Central (BC).

O resultado primário é a diferença entre as receitas e despesas nas contas do governo antes do pagamento dos juros da dívida pública. A deterioração das contas públicas acompanhou o crescimento do déficit da Previdência. Em 2011, o rombo nas contas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) totalizou R$ 51,3 bilhões. O superávit primário de R$ 186,3 bilhões do Tesouro e do BC, no entanto, foi mais do que suficiente para cobrir o déficit da Previdência.

A situação continuou positiva até 2013, quando o INSS fechou o ano com um resultado negativo de R$ 64,4 bilhões, contra superávit de R$ 162,9 bilhões obtido pelo Tesouro e pelo BC. O problema começou em 2014, quando o superávit de R$ 68,9 bilhões do Tesouro e do BC foi, pela primeira vez desde o início da série histórica, insuficiente para cobrir o déficit de R$ 68,5 bilhões da Previdência.

A recessão econômica de 2015 e 2016 piorou a situação. Com o aumento do desemprego, menos trabalhadores passaram a contribuir para o INSS, fazendo o déficit da Previdência saltar. Apesar de as receitas do INSS poderem se recuperar daqui a alguns anos caso a economia volte a crescer, a professora Vilma Pinto, do Núcleo de Economia do Setor Público do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV/Ibre), diz que o país precisa se debruçar sobre as contas da Previdência.

“Numa situação em que a receita [da Previdência] varia conforme o ciclo econômico e as despesas [aposentadorias, auxílios e pensões] são rígidas, alguma reforma tem de ser feita para impedir problemas no médio e no longo prazo. A população está envelhecendo e, daqui a algumas décadas, a contribuição dos trabalhadores na ativa será insuficiente para pagar os benefícios da Previdência”, alerta a professora.

Ao explicar os resultados das contas do Governo Central em 2016, a secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, disse que o déficit piora se levar em conta a Previdência dos servidores públicos. O regime próprio para o funcionalismo federal passou por reformas em 2003 e em 2012, com a criação de uma Previdência Complementar que pôs fim às aposentadorias integrais.

“O regime próprio [de Previdência] dos servidores públicos está estabilizado em termos reais [corrigidos pela inflação], mas não o regime geral [INSS]. Se somarmos o déficit do regime geral com o déficit do regime próprio, a gente fala em R$ 220 bilhões, que é uma cifra expressiva. Daí a importância das reformas que estamos discutindo agora”, declarou Ana Paula. No ano passado, a Previdência dos servidores federais registrou rombo de R$ 78,5 bilhões.

Seguridade social

Apesar de o déficit da Previdência ser considerado o principal problema das contas públicas, diversos economistas, entidades e sindicatos contestam o rombo no INSS. Na última segunda-feira (13), o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional) soltou um vídeo em que informa que não existe déficit na Previdência Social ao considerar todas as fontes de financiamento, não apenas as contribuições de patrões e empregados ao INSS.

Para Vilma Pinto, o argumento de que não existe rombo nas aposentadorias e pensões é uma questão conceitual entre quem mistura as contas do INSS com as da Seguridade Social, que engloba, a assistência social e a saúde, além da Previdência. “Do ponto de vista contábil, ao se considerar receita previdenciária apenas as contribuições ao INSS, existe déficit, sim. E ele é considerável. Ao cobrir o rombo da Previdência com as demais receitas da seguridade social e com receitas não vinculadas, o governo gasta menos em outras áreas”, diz.

Edição: Aécio Amado

Primeiro sábado de atendimento sobre contas inativas é tranquilo em Brasília

Da redação com Agência Brasil
Por Marcelo Brandão – Repórter da Agência Brasil

O primeiro dia de abertura das agências da Caixa Econômica Federal aos sábados para tirar dúvidas da população sobre o saque das contas inativas do FGTS foi tranquilo, em Brasília. Na agência Conjunto Nacional Brasília, localizada em um shopping próximo à rodoviária, no centro da cidade, a movimentação foi constante, mas pequena nas primeiras horas de atendimento. Os trabalhadores, em sua maioria, queriam saber o quanto tem a receber.
“Eu dei uma consultada no site da Caixa e tenho alguma coisa para receber, mas tive outros empregos e não consegui ver pelo site. Então quero saber quanto tenho para receber. No meio de semana é ruim, eu trabalho. Achei interessante abrir a agência no sábado. Daqui uns dias vai ser tumultuado quando disponibilizarem os saques”, destacou o servidor público Ribamar de Santana que aproveitou que estava passeando pelo shopping para ir à agência.

O bombeiro hidráulico Herval Costa Santos esperava receber mais do que descobriu que tinha direito, mas não desanimou. “Eu tenho um saldozinho, uma besteira aí para receber. Quem tem esse dinheiro para receber, ajuda muito para pagar as dívidas. Eu me controlo, graças a Deus. Tenho um pouquinho só, mas estou feliz, tranquilo”. Gecina Oliveira Silva, sua companheira, concordou. “Não é muito, mas vai valer a pena. Vai resolver alguma coisa.”

O pedreiro José Ocimar Barbosa também tinha dúvidas sobre o valor a receber. “A minha dúvida é que tem algumas empresas que eu trabalhei antes e eu que pedi demissão. Onde eu trabalho atualmente alguns colegas foram atrás das informações e eles têm uma verba a receber. Achei uma boa ideia abrir a agência no sábado porque, como eu, muitos trabalham e não conseguem ir em dia de semana”, disse José Ocimar.

Em tom bem-humorado, José disse ainda que os recursos serão importantes porque, com a possibilidade de aprovação de novas regras de aposentadoria, ele não sabe quando poderá parar de trabalhar. “E eu me animei para saber quanto tenho para receber porque já não sei mais nem quando me aposento [risos], então vou aproveitar essa oportunidade que o governo está dando e buscar o saldo.”
O governo anunciou a possibilidade do saque de contas inativas em dezembro do ano passado, em meio ao lançamento de um pacote de medidas para estimular a economia. A Caixa anunciou esta semana o calendário de saques, que leva em conta a data de aniversário do beneficiário. Antes das novas regras, o trabalhador podia ter acesso aos recursos de contas inativas do FGTS em alguns casos, como a aposentadoria ou a compra de um imóvel.


Mobilização de funcionários
O vice-presidente de tecnologia da Caixa, José Antônio Eirado, destacou a mobilização dos funcionários do banco em um dia atípico de trabalho. “Nós fizemos o melhor, os funcionários fizeram o melhor para ajudar. Tem funcionário que não é dessa agência, mas se dispôs a vir aqui atender espontaneamente”, disse na agência Conjunto Nacional Brasília.

Segundo Eirado, 37 agências abriram no Distrito Federal e no entorno neste sábado. Cerca de 500 funcionários estarão a postos para atendimento à população da região até as 15h. As agências estão abertas apenas para atendimento sobre as contas inativas do FGTS. “Hoje é dia de tirar dúvidas e fazer a opção, em função da data de nascimento, de receber o dinheiro na conta-corrente ou fazer o saque direto.”

Em todo o Brasil, nos últimos três dias, foram mais de 1 milhão de atendimentos nas agências da Caixa e 60 milhões de acessos no site do banco desde o anúncio oficial do calendário de saque, na última terça-feira (14).

Eirado lembrou também que muitas dúvidas podem ser tiradas pelo telefone 0800 726 2017, além do próprio site das contas inativas, criado pela Caixa. Para ter acesso às opções da página, o trabalhador deve informar o número de inscrição do PIS e o CPF.

“O volume de consultas ao site no dia que o presidente Michel Temer anunciou isso no Palácio do Planalto e nos momentos seguintes foi três vezes maior do que a gente tem na Mega-Sena. Nós nos preparamos bem, deixando os sistemas mais robustos e aumentando a capacidade de processamento para poder absorver isso tudo”, explicou o executivo da Caixa.

As agências abrirão um sábado por mês - sempre no sábado seguinte à abertura de uma nova data de saques. As agências abrirão, por exemplo, no dia 11 de março, uma vez que os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro poderão começar a sacar os benefícios no dia 10 de março. Nos sábados, os atendimentos são das 9h às 15h.

Edição: Lílian Beraldo

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Depois da chuva, água volta a reservatórios secos do Oeste potiguar

Açudes de Riacho da Cruz e Tourão passaram para o volume morto.
Setenta por cento dos reservatórios continuam em situação crítica.

Da redação com G1 RN
























Depois das chuvas que caíram em 72 municípios do Rio Grande do Norte, dois reservatórios que estavam completamente secos passaram para o volume morto, mas continuam em estado crítico: Riacho da Cruz e Tourão, em Patu. Dos 47 açudes monitorados pelo Instituto de Gestão das Águas (Igarn), 70% estão em situação crítica, dos quais 19 estão secos, e 14, em volume morto.

Segundo o Igarn, as chuvas contribuíram para manter o volume de água praticamente estável nos principais reservatórios do estado. Na Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, a maior do estado, o volume caiu de 328,486 milhões de metros cúbicos para 328,034 desde a medição anterior, ficando com 13,67% da capacidade total.

Na Barragem de Santa Cruz, em Apodi, o nível de água subiu de 111,623 milhões de metros cúbicos para 112,447, ficando o reservatório com 18,75% do volume total. Já a Barragem de Umari, em Upanema, permanece com os mesmos 26,009 milhões de metros cúbicos da medição, ou seja, 8,88% da capacidade.

Colapso hídrico
O Rio Grande do Norte passa atualmente pela mais longa e severa estiagem da história do estado. Dos 167 municípios do estado, 153 estão em situação de emergência. De acordo com dados da Companhia de Águas e Esgotos do estado (Caern), o abastecimento foi cortado em 18 cidades. Em outras 76 foram adotados sistemas de rodízio.

Quadrilhas explodem caixas de bancos em duas cidades do RN

Ataques foram neste sábado (18) em Extremoz e Serra Negra do Norte.
Alvos foram agências do Banco do Brasil e Bradesco; ninguém foi preso.


Da redação com G1 RN
























Agências bancárias de duas cidades do Rio Grande do Norte foram alvos de explosões na madrugada deste sábado (18). Em Extremoz, na Grande Natal, os criminosos explodiram um caixa do Banco do Brasil. Já em Serra Negra do Norte, na região Seridó, os bandidos detonaram um terminal do Bradesco. Nos dois casos, ninguém foi preso.

Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Militar, a explosão em Extremoz aconteceu por volta das 4h10. Dois carros foram vistos dando apoio aos criminosos. "Pelo que consta, eles detonaram o terminal, mas o caixa resistiu à explosão e os bandidos não levaram nada", informou o major Eduardo Franco.

Já em Serra Negra do Norte, os assaltantes tiveram mais sorte. A PM confirmou que o terminal foi arrombado e o dinheiro saqueado.

Fachin diz que foro privilegiado é “incompatível com o princípio republicano”

Da redação com Agência Brasil 
Por André Richter e Felipe Pontes - Repórteres da Agência Brasil
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato na Corte, disse hoje (17) que o foro privilegiado é “incompatível com o princípio republicano”.

“A questão do chamado foro privilegiado, que na verdade é um foro por prerrogativa de função, tem aberto um debate no Brasil sobre a coerência do que se tem entendido e praticado com o princípio republicano que está na Constituição. Eu, já de muito tempo, tenho subscrito uma visão crítica do chamado foro privilegiado, por entendê-lo incompatível com o princípio republicano, que é o programa normativo que está na base da Constituição brasileira”, disse Fachin.

Fachin disse que o Supremo precisa avaliar se uma eventual redução da abrangência do foro privilegiado pode ser feita por meio de nova interpretação da Corte sobre a Constituição ou se depende de proposta de emenda à Constituição (PEC) aprovada no Congresso. “A questão, todavia, que se coloca é saber se essa alteração pode ser feita por uma mudança de interpretação constitucional ou se ela demanda, da parte do Poder Legislativo, uma alteração própria do Poder Legislativo.”

Segundo a Constituição, no caso de infrações penais, cabe somente ao STF julgar o presidente e o vice-presidente da República, deputados federais e senadores, os próprios ministros da Corte e o procurador-geral da República. Fachin destacou, no entanto, que o Supremo deve debater em breve se a prerrogativa de foro vale também para atos ilícitos praticados antes do exercício do cargo.

“Este é o debate que o Supremo vai enfrentar para saber se há espaço para interpretação, como, por exemplo, a proposta feita no sentido de que o foro compreenderia apenas os eventuais ilícitos praticados no exercício da função e não abrangeria os ilícitos praticados anteriormente”, disse o ministro. “Na Corte, de um modo geral, tenho me inclinado por uma posição de maior contenção do tribunal”, completou.

Debate em plenário

A recente discussão sobre o foro privilegiado no Supremo foi provocada ontem (16) pelo ministro Luís Roberto Barroso, que enviou para o plenário uma ação penal na qual defende a restrição do foro privilegiado para deputados federais e senadores. Para ser julgado, o processo precisa ser pautado pela presidente do Supremo, Cármen Lúcia. Ainda não há data prevista para a análise.

No despacho enviado ao plenário, Barroso defende que detentores de foro privilegiado somente devem responder a processos criminais no STF se os fatos imputados a eles ocorrerem durante o mandato. No caso de fatos anteriores ao cargo, a competência para julgamento seria da primeira instância da Justiça.

Segundo Barroso, é preciso repensar o modelo de foro privilegiado, para reduzi-lo ou até eliminá-lo. “Em primeiro lugar, existem razões filosóficas: trata-se de uma reminiscência aristocrática, não republicana, que dá privilégio a alguns, sem um fundamento razoável. Em segundo lugar, devido a razões estruturais: Cortes constitucionais, como o STF, não foram concebidas para funcionar como juízos criminais de 1º grau, nem têm estrutura para isso”, escreveu o ministro.

Edição: Luana Lourenço

Horário de verão termina neste domingo; relógios devem ser atrasados em uma hora

Da redação com Agência Brasil
Por Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil

O horário de verão acaba à 0h deste domingo (19), quando os relógios deverão ser atrasados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. De acordo com o secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Fábio Alves, a mudança tem como objetivo principal a redução no consumo de energia elétrica no horário de pico, entre 18h e 21h.

"O verão é o período que naturalmente demora a anoitecer, o dia é maior. Ou seja, com o horário de verão, é possível aproveitar a luz natural para gerar um melhor aproveitamento da energia", explica. Com isso, o uso de energia gerada por termelétricas pode ser evitado, reduzindo o custo da geração de eletricidade para o país.

O governo ainda não divulgou qual foi a economia de energia com a medida neste ano, mas a previsão inicial era de que o horário de verão resultasse em uma economia de R$ 147,5 milhões, por causa da redução do uso de energia de termelétricas.

Vigência

O horário de verão é adotado no Brasil desde 1931. A mudança começa sempre no terceiro domingo do mês de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte. A exceção é quando o terceiro domingo de fevereiro coincide com o domingo de carnaval - neste caso, o horário de verão se encerra no domingo seguinte.

A medida só é aplicada nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, porque nesses estados o consumo de energia é maior e é onde os melhores resultados são alcançados. Segundo o Ministério de Minas e Energia, a aplicação no Norte e no Nordeste teria poucos benefícios em termos de economia de energia, por causa da proximidade da Linha do Equador, o que faz com que a duração dos dias nessas regiões não tenha mudanças significativas ao longo do ano.

Outros países também fazem mudanças no horário convencional para aproveitar a luminosidade do verão, especialmente aqueles com maior geração termelétrica. Nos Estados Unidos, por exemplo, é adotado o Daylight Saving Time, geralmente entre março e novembro.

Atenção

Quem tem viagem marcada para este fim de semana deve ficar atento aos horários de embarque. Os horários dos bilhetes de passagem são impressos em hora local, e, para evitar transtornos, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) orienta os passageiros a entrar em contato com as empresas aéreas em caso de dúvidas.

Edição: Lílian Beraldo

Empresário Antônio Filho sofre acidente na altura do KM 155, BR 405

Da redação com RN Política em dia                                                                                                                                     Foto: Reprodução
                                                                                                       Foto: Reprodução
O empresário e líder da oposição de Rafael Fernandes, Antônio Carneiro Filho, sofreu acidente nas primeiras horas desta sexta-feira(17), próximo ao prédio do IFRN, altura do KM 155, zona rural de Pau dos Ferros. Antônio transitava em uma moto, quando chocou-se com um pneu de caminhão que foi irresponsavelmente deixado às margens da BR, entre o acostamento e a própria pista de asfalto. Uma imprudência sem tamanho por parte de quem abandonou o pneu naquele local. Além de que, durante parte desta mesma rodovia, amanheceu no dia de hoje, pedras como que postadas de forma proposital, por alguém que possivelmente desejasse fazer barreiras ilícitas naquele setor.

Antônio Filho, teve duas costelas e o braço esquerdo fraturados, sangramento pelo ouvido e um leve traumatismo craniano. Foi atendido no Hospital Regional de Pau dos Ferros e já encaminhado para a cidade de Mossoró, para cuidados mais especializados.

Peçamos a DEUS que o acompanhe e o guarde, pedindo que tudo seja passageiro e de menor gravidade.

Em tempo: nossos agradecimentos ao vigilante da Oeste Tratores, Chico; o motorista de ambulância da cidade de Riacho de Santana e a equipe de plantão do Hospital Regional de Pau dos Ferros, que em muito nos auxiliou no socorro ao empresário Antônio Filho.